Codinome Beija-Flor

Cazuza / Ezequiel Neves / Reinaldo Arias

Significado da letra

Pra que mentir
Fingir que perdoou
Tentar ficar amigos sem rancor
A emoção acabou
Que coincidência é o amor
A nossa música nunca mais tocou

Pra que usar de tanta educação
Pra destilar terceiras intenções
Desperdiçando o meu mel
Devagarzinho, flor em flor
Entre os meus inimigos, Beija-Flor

Eu protegi o teu nome por amor
Em um codinome, Beija-Flor
Não responda nunca, meu amor, nunca
Pra qualquer um na rua, Beija-Flor

Que só eu que podia
Dentro da tua orelha fria
Dizer segredos de liquidificador

Você sonhava acordada
Um jeito de não sentir dor
Prendia o choro e aguava o bom do amor
Prendia o choro e aguava o bom do amor

Curiosidades sobre a música Codinome Beija-Flor do Cazuza

Em quais álbuns a música “Codinome Beija-Flor” foi lançada por Cazuza?
Cazuza lançou a música nos álbums “Exagerado” em 1985, “O Tempo Não Pára (Ao Vivo)” em 1988, “Minha História” em 1993, “Esse Cara” em 1995, “Cazuza Um” em 1997, “Cazuza” em 1997, “Millennium” em 1998, “O Poeta Não Morreu” em 2000, “Preciso Dizer Que Te Amo: Toda a Paixão do Poeta” em 2002, “Gold” em 2002, “I Love MPB - o Nosso Amor a Gente Inventa” em 2004, “Novo Millennium” em 2005, “O Poeta Está Vivo (Edição Especial)” em 2005, “2 Lados” em 2011, “A Arte de Cazuza” em 2015, “Cazuza Exagerado” em 2017, “O Tempo Não Para - o Show Completo” em 2022 e “65 Anos de Cazuza” em 2023.
De quem é a composição da música “Codinome Beija-Flor” do Cazuza?
A música “Codinome Beija-Flor” do Cazuza foi composta por Cazuza, Ezequiel Neves e Reinaldo Arias.

Músicas mais populares de Cazuza

Outros artistas de Pop Rock