Sorriso Torto

Helton da Silva Soares, Alexandre Faria Baptista e Flávio Reis Duarte

Por mais que fiquemos parados a olhar
Se jaz já faz tempo a cor e o luar
O som vem das ruas
Faces insanas
Aturdem o vento
Ecoam ao tornar

Tudo o que podemos crer é o que parece ser
Razão do parto, fato enchantée
Jamais vi você mas sei que fitas meu andar
Um sorriso torto

Essa fúria sua fura nossa ilusão
De manter o acorde forte nota estação
Nada que fizermos fará o sonho se vingar
Uma luta injusta

Outros artistas de Indefinido