Maus Lençói

Promessas vazias cuspidas
Você não é o começo
mas se fez
seu próprio fim

Catando estilhaços e cortando as mãos
você tenta se recompor e acaba por se destruir cada vez mais

Deixe-me ver seu espelho,
deixe-me ver o que ele reflete
Pois se fosse a imagem real
sua conduta não faria qualquer sentido
Mas pra que procurar sentido?
Logo aqui?
Sentido?
Você destrói seu "eu",
eu procuro o meu "seu"
Você planta,
você colhe

Como achar que flores tão belas não teriam espinhos?

Outros artistas de Indefinido