Rio Bonito

Rodolfo Carbonari / Serrinha

Viola venha comigo
Vamos ao campo chorar
Saudade andou por aqui
Bateu na serra de lá

Passou pelo Rio Bonito
Nas asas de um sabiá
Chegou na casa da rosa
Fez a rosa soluçar
Ai, ai

Envolvido na saudade
Meu pensamento vagueia
Naquele lindo recanto
Em noites de Lua cheia

A brisa sopra na água
A água bate na areia
A areia fica na praia
Onde o meu amor passeia
Ai, ai

Neste meu cantar sincero
Com grande satisfação
Abraçado na viola
Encostada ao coração

Na melodia cabocla
Vou fazendo a saudação
Pra gente da minha terra
Meu Brasil e meu sertão
Ai, ai

Meu rancho na beira d'água
Foi feito com tanto amor
Agora ninguém imagina
Do jeito que ele ficou

Todo feio esburacado
Que o vento ainda não levou
Igualzinho ao coração
Da mulher que me deixou
Ai, ai

O mundo é uma escola
O destino nos conduz
Todos os caminhos da vida
Terminam sob uma cruz

Adeus campinas de flores
Casinha onde eu morei
Adeus saudade doída
Coração que eu tanto amei

Adeus campinas de flores
Casinha onde eu morei
Adeus saudade doída
Coração que eu tanto amei
Ai, ai

Outros artistas de Indefinido