Sylvester

Paulo Pera

Queria dar uma voadora,
Mas me assustei quando olhei pra gangorra...
Sylvester está perto, mas que porra,
Eu te odeio e quero que você morra!

De longe parece que é certo,
Mas de perto não é nada correto.
Se quiser, seu sapato eu conserto...
Mas não posso esquecer que sylvester está perto!

Sylvester está perto!
Sylvester está longe!
Sylvester está perto!
Sylvester está longe!
Um dia foi um feto hoje ele é um monge
Sylvester está perto mas também está bem longe!

Me pegou, e foi arrastando
Que nem louco eu fui gritando
Por que esse cara ta me puxando?
Pulou no mar e sai nadando.

Vai vê que ta assustado
E com meus gritos ficou estressado
Na verdade não passa de um viado
Não é possível, Sylvester do meu lado!

Sylvester está perto!
Sylvester está longe!
Sylvester está perto!
Sylvester está longe!
Um dia foi um feto hoje ele é um monge
Sylvester está perto mas também está bem longe!

Outros artistas de Indefinido