A Despedida do Padre

O barco vai levando
o corpo do meu pai

rumo à despedida
imprevista que um dia desejou

Com o alvorecer
os convidados sofrem com o sol,
condolentes ficam
nos afagam, não precisam derreter

Eu continuo a rir,
eu nado por aí,
respiro praticamente sozinho

Sim, a tristeza faz parte das aventuras
que errante o passo tece

Eu continuo a rir,
eu nado por aí,
respiro praticamente sozinho.

Porque a brisa traz
o que o tempo refaz,
cada instante em braços de paz

Vou navegante sem ter velas ou timão,
basta o som das pedras
pra guiar a direção

Só agora eu entendo
todo mar é um pouco de remédio
ou a dose de um veneno...

Eu continuo a rir,
eu nado por aí,
respiro praticamente sozinho.

Sim, a tristeza faz parte das aventuras
que errante o passo tece

Eu continuo a rir,
eu nado por aí,
respiro praticamente sozinho.

O que a brisa traz
o que o tempo refaz...

Músicas mais populares de O Padre Dos Balões

Outros artistas de Indefinido